Follow by Email

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Sobre o 13o. Signo

Boa Tarde, pessoal!

Bem, confesso que fugi o quanto pude, mas não dá pra evitar este assunto tão requentado e chatinho que é a possibilidade da existência de um 13o. signo, o que mudaria (!!!) nossos signos.

Antes de dar minha contrariada versão, gostaria de observar que um estudante de astronomia desconhecido e bobalhão de uma universidade do interior dos USA, achou este assunto requentado dos anos '90 e, por bobalhão e presunçoso que é, resolveu twittar para desmerecer a astrologia.

Então, lá vai um rápido esclarecimento sobre o assunto: 
- Em primeiro lugar, signos não são constelações. Há, apenas na nossa galáxia, uma quantidade incomensurável de constelações e- só pra complicar um pouco - uma quantidade incalculável de galáxias, em sabe-se lá quantos universos! Já imaginaram se incluíssemos no nosso simpático zodíaco todos os astros existentes? Partindo-se deste ponto de vista, nós humildes (porém parte do UNO) habitantes deste pequeno e belo planeta azul, teríamos uma antes insuspeita importância por nos relacionarmos de forma assim, tão estreita, com tantos luminares, como se fossemos todos comadres e compadres! Sempre levando em conta uma mudança de estação aqui e ali, uma explosão de uma supernova, um buraco negro de mau-humor, engolindo deuses, uma estrela marrom...

O objetivo da Astrologia Ocidental conhecida e em uso pela maioria dos astrólogos ocidentais foi (como convencionado) teorizada por Claudius Ptolomeus (Alexandria, 90-168 - Almagesto), não sem antes se inspirar em e incorporar o conhecimento das antigas culturas ancestrais.

Por esta razão, foi convencionado que o zodíaco que usaríamos era o composto das "constelações" que podiam ser observadas daqui da Terra, seguindo o caminho que o sol trilhava em seu movimento anual e, partindo destas observações, o zodíaco visível passou a ser o adotado com divisões iguais de ângulos e passou a ser o "marcador" das estações e eventos no planeta. Ofiúco, que não parecia ser parte do ciclo do sol, existia, mas foi por isto ignorado. Aliás, todos os povos antigos o conheciam e, na Astrologia oriental, representa o último decanato de Escorpião.

Vamos combinar que só valem os signos combinados e, além disto, após nossos observatórios móveis (como Hubble, por exemplo) estarem fora da órbita da Terra, descobriu-se que os astrônomos também estavam errados: muitas estrelas que antes pareciam fazer parte de constelações, estariam de fato, a uma distância tão grande que a idéia ficava ridícula. Tiveram, então, que criar um novo parâmetro de distâncias para as constelações.

É a velha história por todos conhecida: cientistas são pessoas que QUEREM encontrar as respostas, mas ainda o são por não as terem encontrado. Toda verdade existe apenas para ser desmascada, pois, de acordo com Platão e as antigas tradições orientais, tudo é apenas ilusão!

Para ter uma explicação mais civilizada a respeito, por favor, vá ao link http://cnastrologia.org.br/site/blog/2011/01/20/existe-um-13o-signo-elizabeth-nakata/  
e leia a explicação da colega Elizabeth Tanaka.

Um Grande Abraço,

Zarifa.




A Energia que vem das Cachoeiras e das Flores

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

COMO FUNCIONA O CURSO "AUTOCONHECIMENTO ATRAVÉS DO MAPA ASTRAL"


Oi, Pessoal!

As datas para a próxima turma do meu curso já foram definidas em Brasília e ainda há algumas vagas. Também atenderei com consultas previamente agendadas. Pretendo chegar no dia 16/02, portanto, marque seu horário com antecedência.
As datas de Brasília são as seguintes:

18,19 e 20/02 - Primeiro módulo;
18,19, 20/03 - Segundo módulo;
15, 16 e 17/04 - Terceiro módulo;
20, 21 e 22/05 - Quarto módulo;
17,018 e 19/06 - Quinto módulo.
Estamos negociando com a Vivarnat, em São José dos Campos uma turma para, talvez, o segundo semestre.

Curitiba: aguardando contatos para organização.

Como as pessoas sempre me pedem pra explicar o fundamento do curso de astrologia que promovo, aí vai.

CURSO “AUTOCONHECIMENTO ATRAVÉS DO MAPA ASTRAL”

A Astrologia tem sido, através dos milênios, de grande utilidade para a organização e planejamento da vida.

Dentro da moderna astrologia, há a escola ou vertente
“Transpessoal” - criada pelo teósofo, astrólogo, escritor e músico Dane Rudhyar - com estofo no trabalho de Jung - e que busca criar um link consciente de nosso espírito imortal com nossa mente concreta, indicando o caminho para um ser mais liberto. É nessa vertente que realizamos este trabalho.

Muitas vezes ficamos confusos com os rumos que nossas vidas tomam, mudando eventualmente seu curso como resultado de uma escolha tola, impulsiva ou impensada. Pensar a vida e as escolhas é o nosso aprendizado. Entender e tentar corrigir nossos impulsos é nosso objetivo.

A idéia é ajudar às pessoas a entenderem o que vieram fazer aqui (nesta vida), se estão fazendo e se querem continuar fazendo isto ou mudar algo, quer dizer, trabalhamos com um conceito de karma no fundamento vedanta e budista mahayana e teosófico- e também com o de livre-arbítrio.

Trata-se de uma experiência terapêutica, na medida em que analisamos nossa escolha profissional, os relacionamentos familiares e afetivos, por que temos a família que temos, bloqueios e talentos.

Eu sou Zarifa Mattar, geógrafa pela UFRJ, astróloga há mais de 20 anos, ex aluna de Maria Eugênia de Castro, Valdenir Benedetti e Phellippe Bandeira de Mello.

Estamos organizando uma turma sua cidade e, se for de seu interesse, entre em contato pelo email:  zarifam@gmail.com

Entrevista com o Físico Michio Kaku - Parte2/2

Físico Michio Kaku e a Teoria das Cordas, Tele Transporte e Viajem no Te...

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Previsões Para o Brasil - 2011


O Ascendente do ano se encontra na 8ª. Casa do Brasil, Libra, com Saturno, o regente de nossa 12ª. O que significa uma perda de um político importante. 

O ascendente do Brasil, Aquário, recebe Netuno (regente da 2ª.) e Quíron no trânsito, o que mostra enganos relativos à política econômica que podem nos levar a uma situação nada agradável. A falta de controle dos gastos e a propaganda enganosa com a imagem deixaram problemas a serem solucionados. Talvez um acerto de rota radical seja necessário, como indica a conjunção Plutão-Sol e Cabeça do Dragão na conjunção Urano-Netuno do nosso mapa.

O aspecto Mercúrio-Saturno do ano mostra planos de limitar a liberdade de expressão sendo urdidos.

 Estes mesmos aspectos mostram a possibilidade de, mais uma vez, termos graves problemas advindos de chuvas fortes. 

Temos uma oposição Lua-Lua, quer dizer, a mulher no poder com dificuldades de encontrar identificação com o povo. Na verdade, seu poder parece desde já contaminado por articulações políticas advindas de todos os lados. A quadratura Mercúrio- Mercúrio/sol indica sua dificuldade de comunicação e um co-parceiro de governo, dando a impressão de não ter voz própria.

A Vênus em Escorpião no trânsito, nona casa do Brasil, conjunção à roda da fortuna sugere necessidade de mudança radical no rumo da economia e revisão das parcerias comerciais e políticas.

É Importante verificarmos um aspecto significativo: nossa conjunção Netuno-Urano, sob o trânsito de Plutão, sol e Nodo Norte faz uma quadratura com Urano-Júpiter no trânsito sobre nosso Plutão natal. Isto me sugere uma radical e inesperada saída da governante, havendo a possibilidade de problemas de saúde.

De qualquer forma, A presidente querendo se compor com todos terá seu poder dilacerado e acordos e mesmo cargos importantes, como ministérios e outros cargos de confiança terão que ser revistos.

O lado bom é que, apesar de todas as confusões, o rumo da economia tende a ser retomado de forma satisfatória, os empregos, passado o susto, voltam a crescer e nosso caminho em direção a uma melhor posição na política mundial também.

Não custa lembrar que sendo um ano de Mercúrio, convém cuidar de cada frase que se diz, pois as conseqüências de algo dito por impulso podem ser sérias.


domingo, 2 de janeiro de 2011

PRINCIPAIS PONTOS NO MAPA DE 2011 – O MUNDO



Este é um ano regido por Mercúrio, o deus da Comunicação. Sua função era levar as mensagens do céu ao inferno e do inferno ao céu, guardando a característica de não se comprometer com nenhum dos dois, sendo apenas um mensageiro.

Tem bastante similaridade com o arcano 1 do Tarot, O Mago e a partir desta definição, fica fácil definir as profissões ou atividades que rege, por exemplo:

- jornalista ou profissional de mídia, designer, escritores, psicoterapeutas em geral, médicos em geral, profissionais de saúde (principalmente fisioterapeutas e dentistas), comerciantes, palestrantes, compradores, vendedores, gerentes.
  
Na verdade, normalmente os fatos que predominam no final de cada ano, têm bastante relação com os que o iniciam, até pela lógica de que o tempo não é estanque, mas carrega consigo a força de sua simbologia.

Mercúrio começa o ano em Sagitário, reinando na casa 3 e fazendo aspectos a Saturno, que indicam uma tendência mundial de repressão à liberdade de informação, busca de embasamento legal para o controle da mídia, o que certamente vai conduzir a uma imensa movimentação popular, principalmente na internet – uma guerra da comunicação em maior escala do que vimos no final de 2010.

O regente do ascendente, Vênus, encontra-se em queda em Escorpião, casa 2, indicando mais uma vez, necessidade de revisão da economia mundial como um todo e, principalmente dos USA, que têm seu ascendente em Sagitário, portanto está na sua 12ª. casa – porém há projetos políticos de alianças, em busca de apoio que contrabalance as forças, o que parece não ir muito adiante, apesar da conjunção Plutão-sol em sua segunda casa indicarem que o governo americano está disposto a tudo e a qualquer coisa, para não perder poder. 

É fato que a economia mundial promete altos e baixos (mais baixos do que altos), portanto, não guarde seu dinheiro todo num só lugar. As colheitas também serão desfavorecidas em determinados lugares do mundo, o que vai rever o equilíbrio na importância comercial entre os países.

Plutão se encontra em conjunção partil  ao sol, na cúspide da 4ª. Casa e à Cabeça do Dragão e Marte, em aspecto difícil a Saturno, indicando endurecimento na luta pelo poder entre as nações e luta territorial.

Por outro lado, os aspectos da Vênus à conjunção Júpiter-Urano indicam fantástico progresso nas ciências ligadas à saúde, quiçá a cura de uma doença importante.

Também a física e eletrônica terão grande impulso.

Os aspectos Lua- Ascendente mostram um oportunidades de maior cooperação e solidariedade entre os seres humanos, independente de nacionalidade: percebe-se (felizmente) esta consciência em crescimento ano a ano. 

Este é um ano para levar a diante e a sério novos projetos, semear o futuro, pois haverá colheita.

Um grande abraço a todos!
Em breve: previsões para o Brasil e para cada signo.


Programa do Novo Curso de Teosofia na Sociedade Teosófica/RJ

Oi, Pessoal!
Mais um ano começando, as esperanças se renovam e o trabalho continua, por isso, divulgo aqui nosso projeto do 1o. semestre (Coordenadoria Local da Sociedade Teosófica no Brasil/ Seção Rio de Janeiro), do curso de Introdução à Teosofia (grátis). As aulas serão às segundas, de 18h30 às 20h, na sede à Rua 13 de Maio, 13, sala 1520. O telefone só é atendido à tarde, de segunda à sexta, com exceção da quarta: 2230-1003 e 2292-8236.

As inscrições devem ser feitas (para garantir sua vaga) pelo email da coordenadoria local: clrjst@gmail.com.

Preparando previsões para 2011

Ainda hoje! Em preparação! Bjs.

ONE SECOND BEFORE THE BIG BANG

Before Time and Space

Before the Big Bang: looking back in time - Parallel Universes - BBC sci...