Follow by Email

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

CÉU DE HOJE

Veja como estará o céu hoje, para o horário de Greenwich, ao anoitecer: Vênus e Lua (Nova) se encontram em Capricórnio (momento fértil para novos projetos profissionais e afetivos) e abaixo, na véspera do Natal, Lua Conjunção Marte: é preciso ser hábil e diplomático diante de desafios radicais.

 


Um abraço e Feliz Natal!

Logo, previsões para 2015.

Zarifa Mattar.

sábado, 29 de novembro de 2014

Olá,

Retomando as atividades do blog, compartilho com os interessados uma palestra sobre karma, parte do Curso de Introdução à Teosofia, parte I, que se encerra no mês de dezembro na seção Rio de Janeiro da Sociedade Teosófica no Brasil.

Aproveito pra avisar ao pessoal de Brasília e Goiânia, que atenderei em Brasília nos dias 5 e 6 de dezembro. Agenda em andamento, os contatos são através do email zarifam@gmail.com ou whatsApp 21 981813239.

Um abraço,

Zarifa.


Curso Teosofia 2014 Karma Zarifa Mattar

domingo, 28 de setembro de 2014

SOBRE AS ELEIÇÕES PARA PRESIDENTE NO BRASIL

Olá, pessoal!

Estive estudando o panorama para as próximas eleições para presidente do Brasil, no próximo domingo, dia 05 de outubro para, quem sabe, ver quem iria para o segundo turno e me deparei com uma coisa inesperada: algo pode acontecer que impeça que o primeiro turno aconteça no dia 5, ou ele pode ser impugnado.

Seja lá como for, não há nenhum candidato escolhido ou preponderando no primeiro turno.





A ideia parece ser que haverá uma revelação, ou divulgação de um fato que impedirá a finalização de uma eleição que começará bem e acabará mal.
 
É viver para ver!

Um abraço,

Zarifa.

sábado, 13 de setembro de 2014

COMEÇANDO CURSO DE ASTROLOGIA NO RIO DE JANEIRO

Olá, pessoal!
Finalmente, depois de tanta espera, sai o curso de astrologia no Rio de Janeiro.

Envio abaixo as informações e, se for de seu interesse, entre em contato.

Um grande abraço,

Zarifa.



PROJETO CURSO BÁSICO DE ASTROLOGIA:
“AUTOCONHECIMENTO COM MEU MAPA ASTRAL”
Por Zarifa Mattar.

Astróloga há 30 anos, membro do Sindicato dos Astrólogos do Rio de Janeiro  da Central nacional de Astrologia; Geógrafa pela UFRJ;  Membro da Sociedade Teosófica no Brasil. Budista da Escola Amidista.
Objetivos do Curso:
A)   Introdução ao Conhecimento da Astrologia, baseado na astrologia ocidental, ptolomaica. Conhecimento básico de astrologia com o objetivo de compreender seu simbolismo e analisar seu próprio mapa e de seus próximos.
B)   Autoconhecimento através do acesso ao seu símbolo pessoal: o aluno recebe seu mapa de nascimento por ocasião da inscrição, que usará durante todo o curso como seu guia de auto compreensão. As aulas podem ser acompanhadas com quantos mapas o aluno quiser: de todas as pessoas que considera importantes em sua vida. O trabalho funciona como uma terapia em grupo.
C)  Introdução à filosofia hinduísta advaita e aos princípios gerais do budismo. Uma visão de ciclos, karma e reencarnação fundamentado nestas filosofias e sua compreensão através do símbolo.
Prazo previsto de duração: 1 ano, sendo dividido em módulos. A inscrição será por módulo, quando serão dados o valor inicial e os cheques pré-datados referentes aos meses subsequentes. Datas: 20/09; 04/10/ 01/11 e 13/12. Inscrição por módulo.
Local: Casa dos Mithos, Rua Barão de Ipanema 56/ 801, Copacabana.
Conteúdo e duração dos módulos:
1º. Módulo: Conceito Ocidental de Astrologia; Breve história da Astrologia; Uma visão das Astrologias Tradicional e Medieval; Introdução ao Conceito da Astrologia Transpessoal. Introdução aos Conceitos de Ciclos, Karma e Reencarnação, de acordo com a filosofia advaita. Introdução ao Simbolismo astrológico: Signos, Planetas, Casas, Elementos. Duração: de setembro a dezembro de 2014.
2º. Módulo: Signos e seus regentes: condições cósmicas; Casas e casas derivadas; Aspectos; Elementos no mapa pessoal. A função dos planetas rápidos e lentos no karma pessoal e de grupo. Métodos de cálculos e tipos de mapas; Duração: de março a junho de 2015. Duração: de março a junho de 2015
3º. Módulo: Compreensão e análise dos diversos tipos de mapas. Pontos arábicos; Graus do zodíaco. Sinastria e mapas comparados. Mapas de pessoas, eventos e empresas. Utilizações da Astrologia. Duração: de agosto a novembro de 2015.


domingo, 31 de agosto de 2014

Novidades e Curso de Astrologia no Rio


Olá, Pessoal!

Depois de um tempinho sem notícias, retomando o blog.

O Curso de Autoconhecimento Com O Mapa Astral já está sendo preparado para começar no Rio, em setembro, com data a ser definida em breve. 

Em Brasília, ainda sem data, mas em negociações com o espaço. 

Começando um curso em grupo pelo skype para Orlando, Florida, na próxima terça-feira, às 17h.

Peço aos interessados dessas ou de outras cidades, que entrem em contato através do email: zarifam@gmail.com.

Em breve, retomando os horóscopos semanais.

Continuo com os atendimentos no Rio de Janeiro (presencial) e em Brasília, embora ainda sem data para setembro, além dos atendimentos pelo skype. 

Veja abaixo, a proposta do curso:



PROJETO CURSO BÁSICO DE ASTROLOGIA:
“AUTOCONHECIMENTO COM MEU MAPA ASTRAL”

Por Zarifa Mattar.
Astróloga há 30 anos, membro do Sindicato dos Astrólogos do Rio de Janeiro  da Central nacional de Astrologia; Geógrafa pela UFRJ;  Membro da Sociedade Teosófica no Brasil. Budista da Escola Amidista.

Objetivos do Curso:

A)  Introdução ao Conhecimento da Astrologia, baseado na astrologia ocidental, ptolomaica. Conhecimento básico de astrologia com o objetivo de compreender seu simbolismo e analisar seu próprio mapa e de seus próximos.

B)  Autoconhecimento através do acesso ao seu símbolo pessoal: o aluno recebe seu mapa de nascimento por ocasião da inscrição, que usará durante todo o curso como seu guia de auto compreensão. As aulas podem ser acompanhadas com quantos mapas o aluno quiser: de todas as pessoas que considera importantes em sua vida. O trabalho funciona como uma terapia em grupo.

C)  Introdução à filosofia hinduísta advaita e aos princípios gerais do budismo. Uma visão de ciclos, karma e reencarnação fundamentado nestas filosofias e sua compreensão através do símbolo.
Prazo previsto de duração: 1 ano, sendo dividido em módulos. A inscrição será por módulo, quando serão dados o valor inicial e os cheques pré-datados referentes aos meses subsequentes.

Conteúdo e duração dos módulos:
1º. Módulo: Conceito Ocidental de Astrologia; Breve história da Astrologia; Uma visão das Astrologias Tradicional e Medieval; Introdução ao Conceito da Astrologia Transpessoal. Introdução aos Conceitos de Ciclos, Karma e Reencarnação, de acordo com a filosofia advaita. Introdução ao Simbolismo astrológico: Signos, Planetas, Casas, Elementos. Duração: de setembro a dezembro de 2014.

2º. Módulo: Signos e seus regentes: condições cósmicas; Casas e casas derivadas; Elementos no mapa pessoal. A função dos planetas rápidos e lentos no karma pessoal e de grupo. Métodos de cálculos e tipos de mapas; Duração: de março a junho de 2015.

3º. Módulo: Compreensão e análise dos diversos tipos de mapas. Pontos arábicos; Graus do zodíaco. Sinastria e mapas comparados. Mapas de pessoas, eventos e empresas. Utilizações da Astrologia. Duração: de agosto a novembro de 2015.

Um abraço a todos e boa semana!

Zarifa.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

O BRASIL E A DERROTA PARA A ALEMANHA

Mapa do Brasil, céu do dia do jogo.

Olá, pessoal!

Se nada acontece sem que tenha razão e finalidade, penso que vale a pena compartilhar algumas reflexões sobre a derrota do Brasil para a Alemanha no jogo de ontem e tirarmos algumas lições do acontecido.

No mapa do jogo, Plutão no ascendente, em aspecto harmônico entre Saturno e Netuno, comanda o fim da tradição futebolística do Brasil (sua casa 12) e conduz numa nova direção, na quadratura cardinal a Urano e Marte.

Creio que a Copa do Mundo e as Olimpíadas, grandes competições internacionais, ocupam o papel das antigas guerras colonizadoras e aplacam o instinto de competição e conquista que grita no sangue da raça humana. São, pois, governadas pelo deus Marte, que guarda (no mapa do Brasil) uma quadratura a Júpiter ainda na casa 5 (identidade) e têm a missão de esvaziar, de forma sadia, esta gana de conquista e humilhação do derrotado, colonizando-o, para ensinar-lhe suas artes superiores.

Quando vejo um Marte "complicado" num tema natal, receito sempre um esporte ou atividade física que possa redirecionar seu espírito destruidor na vida da pessoa em questão. Esse é o papel do esporte: educa, disciplina e enobrece.

Saturno, cuja função no caso é descrita abaixo, é o disciplinador, aquele que mostra o momento do aprendizado, sua duração e intensidade. Sem alternativa: tem que aprender.


Faço parte do grupo de astrólogos que considera o Ascendente do Brasil em Aquário (país do futuro). Partimos, em nossa reflexão, deste ponto de vista.

O sol (identidade) do país está no signo de Virgem (ordem), sétima casa e a Lua, que representa nosso povo, em Conjunção a Júpiter, na quarta, Gêmeos (a simpatia e receptividade de nosso povo em relação ao estrangeiro - além do complexo de vira-lata).


Ontem, terça-feira, 8 de julho,dia do jogo com a Alemanha, tivemos o céu acima. 

Vale focar a atenção na conjunção Saturno/Lua sobre a Roda da Fortuna do Brasil, casa 9, a casa da competição, objetivos e também esportes - mais quadratura à Vênus Natal do Brasil, dispositor das casas 4 e 8 e do próprio Saturno natal.

Apenas estes aspectos são indicadores de muito mais do que a derrota: marcam o momento em que uma "mudança"radical (casa 8) tem que ser feita na imagem (Vênus, em Leão) que temos do nosso país. 

É preciso sermos críticos, realistas e objetivos e mergulhar fundo nos nossos medos e defeitos (Saturno na 8).

Este é o momento de rever nossos valores (Plutão na 2a. quadrado a Plutão no trânsito) e recriarmos nossa forma de investir no futuro.

Se tivéssemos sucesso até o final da Copa, ficaríamos mergulhados na ilusão de um sucesso irreal. 

A lavada de 7 a 1 valeu como o choque necessário para pararmos pra aprender com a atitude dos alemães: esforçados, dedicados, determinados, organizados, simpáticos, simples e generosos: se contiveram para não nos humilhar mais. 

Em todos os momentos, forma exemplo de conduta na busca de seus objetivos, com civilidade e espírito esportivo.

Nós e nossos "Hermanos" argentinos temos tudo a aprender com eles.

Enfim, era só um jogo de futebol.

Bola pra frente, que o jogo da vida continua!

Um abraço,

Zarifa.


Agendamentos pelo email: zarifam@gmail.com.

RETORNO COM ESTUDO A RESPEITO DA DERROTA DO BRASIL

Olá, pessoal!

Sumida por conta de dois acidentes em sequência, retorno preparando estudo sobre a derrota do Brasil contra a Alemanha, aguarde um pouco mais: logo publico!"

Até já!

Zarifa.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

ÁGUA EM POEIRA CÓSMICA

Oi, pessoal! Um pouco de ciência, pra animar:

Do site Inovação tecnológica: http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=agua-poeira-cosmica-vida-universal&id=010130140204#.U5jMACiHjk8


Semeando vida
Jogar um punhado de poeira de estrelas sobre um planeta pode ter um efeito tão mágico quanto parece.

O efeito, por exemplo, de semear a vida no planeta.
Isso porque os grãos de poeira que flutuam através do nosso sistema solar contêm minúsculas bolsas de água, formadas quando os grãos de poeira são atingidos por rajadas de vento solar, que é carregado eletricamente.

A reação química que faz isso acontecer já tinha sido replicada em laboratório, mas esta é a primeira vez que foi encontrada água presa dentro de poeira estelar real.

Combinados com achados anteriores de compostos orgânicos em asteroides e em poeira interplanetária, os resultados sugerem estes grãos podem conter os ingredientes básicos necessários para o surgimento da vida.

Como grãos de poeira semelhantes devem existir em todos os sistemas planetários pelo universo, este é um bom indício da existência de vida em todo o cosmos.

De fato, os sistemas planetários estão cheios de poeira, resultante de muitos processos, incluindo o esfacelamento de cometas.

"As implicações são potencialmente enormes," disse Hope Ishii, da Universidade do Havaí, participante do estudo. "É uma possibilidade particularmente emocionante que este afluxo de poeira sobre as superfícies dos corpos dos sistemas planetários tenha funcionado como uma chuva contínua de pequenos reatores contendo tanto a água quanto os compostos orgânicos necessários para a eventual origem da vida."

A pesquisadora se baseia também em outros estudos de laboratório, que mostram que minúsculas gotas de água são reatores muito mais propícios às reações químicas do que a água em grandes quantidades, em lagos e rios, por exemplo.

Como água surge na poeira interestelar
O grupo de pesquisadores encontrou a água inspecionando a camada externa de partículas de poeira interplanetária coletadas na estratosfera da Terra.

Microscópios de última geração permitiram analisar grãos de poeira de 5 a 25 micrômetros de diâmetro, o que revelou inclusões fluidas, minúsculas bolsas de água presa logo abaixo da superfície da poeira interestelar.

O processo pelo qual a água pode se formar no interior desses grânulos minúsculos, por sua vez, parece ser bem compreendido.
A poeira é composta principalmente de silicatos, que contêm oxigênio. 

Conforme viaja através do espaço, ela recebe o impacto do vento solar, uma corrente de partículas carregadas eletricamente - incluindo íons de hidrogênio de alta energia - que é ejetada da atmosfera do Sol.

Quando os dois se chocam, hidrogênio e oxigênio combinam-se para formar água.

Como a poeira interplanetária deve "chover" sobre a Terra desde os seus primórdios, é possível que o material tenha trazido água para o nosso planeta, embora seja difícil conceber como esse processo poderia explicar os milhões de quilômetros cúbicos de água que cobrem a Terra hoje.

"De forma nenhuma sugerimos que isso tenha sido suficiente para formar oceanos," reconhece Ishii, bem mais realista do que colegas seus, que já falaram em "oceanos de água" em disco planetário.

De qualquer forma, pode ser uma bela irrigação de vida em um planeta com precondições propícias para a vida.
 

Um abraço,

Zarifa.