Follow by Email

domingo, 29 de julho de 2012

O Encontro Duas Pessoas: Amor e Sexo.


É interessante como é predominante a busca do suporte aos relacionamentos afetivos e sexuais nas consultas de astrologia.

Eu, pessoalmente, considero o estudo entre duas pessoas muito mais complexo do que o potencial do estudo resultante da comparação entre ambos.

Considero o mapa de nascimento uma proposta potencial e não faz parte do meu método de trabalho supor que algum indivíduo tenha explorado ao máximo o que foi proposto em seu mapa.

Partindo daí, considero fundamental discutir, antes, cada um em separado, para saber a quantas andam com suas consciências e potencialidades.

O motivo de tal reflexão foi um post que encontrei hoje: uma foto, de Wanderlust , compartilhado no facebook por um amigo, que você vê abaixo:


O texto original e a foto, você acha no facebook na página

Chakras @Wanderlust”.

 

Significa que a energia pessoal que tem seu circuito interno, neste dado momento, entra em contato (como no esquema abaixo), através do chakra básico, com a de outra pessoa, criando um laço entre ambos.




A reflexão que proponho a este respeito é sobre o fato de que, mais do que no simples convívio e troca de ideias e estímulos, o sexo coloca em conexão cármica os vários níveis de consciência dos envolvidos.

 

Se levarmos em consideração as tradições hindus e budistas, nossa consciência se encontra em diferentes níveis de percepção que somados, se traduzem na nossa identidade.

 

A ideia é traduzida por esta imagem, usada por mim no Curso de Iniciação à Teosofia (teosofiacarioca.blogspot.com.br), que ajudei a ministrar no Rio e que colo abaixo:




Levando este esquema em consideração, através do encontro de nossos veículos físico e astro-mental (emoções e ideias), geramos um karma com qualquer indivíduo com quem nos relacionemos sexualmente. Karma, no sentido de encadeamento e continuidade, quer dizer, estaremos, de alguma forma, entrelaçados em vidas futuras.

 

Nosso espírito imortal nunca se contamina pelo que quer que nossa personalidade passageira realize nesta encarnação, mas sem dúvida, os rumos que a identidade tomará serão influenciados por nossas escolhas.

 

A reflexão que proponho é: Não deveríamos também escolher com a mente e as emoções, além do corpo, se queremos estar ligados em vidas futuras a estas pessoas?

 

Isto vai muito alem de uma simples sinastria!

 

Um abraço,

 

Zarifa.





Um comentário:

Astrokabana disse...

Perfeito, amiga, concordo, namastê! obrigado.